Todos ao Choupal no fim-de -semana de 26,27 e 28 de Junho!

A Plataforma do Choupal organiza nos dias 26, 27 e 28 de Junho "Uma Espécie de Corrida" contra a construção do viaduto na Mata Nacional do Choupal. " Uma Espécie de Corrida" será um protesto contra a iniciativa governamental e municipal de fazer passar o futuro IC2 sobre a Mata Nacional do Choupal. Este novo protesto público adquirirá a forma de uma celebração contínua da prática desportiva no Choupal. Será, no fundo, uma festa desportiva contra o a construção do viaduto. Serão 48 horas contínuas abertas à prática de todas as modalidades, isto é, a participação pode ser feita caminhando, correndo, pedalando, jogando básquete, voleibol, badminton, ténis, raquetes, xadrez, etc. Cada participante, ou grupo de participantes, registará o seu contributo no início e no final da actividade. O nosso livro de presenças será entregue na Câmara Municipal de Coimbra, como protesto pela co-autoria municipal na barbaridade a que se pretende submeter a Mata Nacional do Choupal. "Uma Espécie de Corrida" terá início na sexta-feira, dia 26 de Junho pelas 18 horas, na zona do Bar do Choupal. Apelamos a uma participação em massa neste evento. Neste sentido, pedimos aos participantes que façam uma pré-inscrição. Podem fazê-lo enviazando um e-mail para plataformadochoupal@gmail.com indicando nome(s), contactos de e-mail e telemóvel, modalidade (corrida, caminhada, bicicleta etc), dia(s) e horas a que se comprometem a participar. Podem ainda fazê-lo em www.plataformadochoupal.org ou no Bar do Choupal. Claro que é não só possível como desejável participar em mais do que um momento e em mais do que uma modalidade- trata-se de "Uma espécie de Corrida" - não há grandes regras... Como é facilmente compreensível teremos mais dificuldade em conseguir garantir participantes para as horas nocturnas (21h-07h), pelo que solicitamos a todos os que estão mais familiarizados com actividades radicais que se cheguem à frente (em grupo não custa...) Também necessitamos de voluntários na organização deste evento. Vamos a isto!

AnexoTamanho
flyer.jpg87.2 KB
Grelha especie de corrida.doc41.5 KB

Hipocrisia

Hipocrisia é a palavra mais adequada. Os defensores deste movimento (salvo raras excepções) são, à semelhança da maioria dos conimbricenses, pessoas que raramente tinham ido ao Choupal antes desta polémica. São pessoas que preferem ir ao fim-de-semana passear para o shopping, mas não querem saber sequer quantas árvores foram destruidas para implantarem o fórum coimbra, numa área umas 10 vezes superior aquela que vai ser abatida para passar o viaduto. Ficam todas contentes quando vão a um sítio com um parque de estacionamento enorme, mas não pensam que poderiam lá estar centenas de árvores. Se for preciso até vão na A1 e dizem "está uma maravilha agora com 3 faixas", e nem pensam em quanta vegetação abateram para aumentar a largura da auto-estrada. Pessoas que são tao ambientalistas, que se calhar vão à padaria a 200 metros, mas vão de carro, e até vão a acelarar para poluir mais. Outras deitam lixo para o chão, algumas nem reciclam. Mas por uma questão de moda, ou porque nem usam aquele troço em causa então não querem saber se às vezes estamos 5 minutos aceder ao tabuleiro do açude, e às vezes já atrasados para entrar a horas ao trabalho, defendem este movimento porque sim, e porque sim, porque gostam de pertencer a um movimento. Hipocrisia!

Hipocrisia ?

É sempre difícil responder a um anónimo, normalmente não o faço.

Mas comentários deste género, em que uma senhora se mostra incomodada por ver alguém dizer que uma nova auto-estrada não faz sentido, ainda para mais quando vai afectar um santuário cultural da cidade, não podem passar em claro.

Presumir que conhece todos os elementos da Plataforma do Choupal e as centenas, mesmo milhares de pessoas, que têm aderido às iniciativas, e dizer que são hipócritas, é, no mínimo, deselegante. Mas é de certeza um sinal de que esta senhora deve sofrer de algum problema. Fica o meu conselho: procure apoio especializado!

Se calhar não foi uma senhora que escreveu... é o que dá presumir coisas sem conhecer os factos. Neste caso tenho 50% de hipóteses de me enganar!

João Paulo Pedrosa

Sim, Hipocrisia!

João Paulo Pedrosa: Não assino porque é igual assinar o meu nome ou não. Nem que ponha aqui o número de BI ninguém me conhece na mesma. O que importa aqui é passar a opinião, não o nome.

Continuo a afirmar que é hipocrisia. Obviamente que tenho que generalizar. Sempre se generaliza quando se descreve um grupo de pessoas. Você comentou apenas o meu último parágrafo, não conseguindo defender os restantes que falei, acerca das pessoas não se preocuparem com outras vegetações que dizimaram para construir as suas lojas de roupa e os seus cinemas, ou outras destruidas para dar a qualidade reconhecida dos "novos" troços da A1.

Não entendo também porque diz que fico "incomodada" porque alguém disse que não fazia sentido uma nova auto-estrada, se estamos a falar de um viaduto para o IC2, e não de uma auto-estrada. Gostava de saber quantas vezes por ano vão ao choupal, esses milhares de pessoas que aderem às iniciativas. Note uma coisa: Nunca seria a favor da destruição do choupal, assim como estou triste por ver outro pulmão da cidade ser destruído: O pinhal de marrocos. Sim, outro pulmão da cidade... porque se agora já se torna difícil ver no google earth o que é pinhal, aqui há 5 anos era quase tão grande como o choupal. Viu alguém ser contra isso, quando havia tantas outras zonas passiveis de urbanizar? Continuando a falar do choupal... irei continuar a ir ao choupal mesmo depois da construção do viaduto, porque o choupal vai lá estar. O pequeno triangulo onde vai passar o viaduto será minimamente afectado, e o arranjo urbanistico envolvente com certeza terá em conta a mata que é. O coração do choupal lá estará, e Coimbra dará mais um passo para melhorar o seu sistema de transportes.

Para terminar... não, não tenho problemas, não preciso de apoio especializado, mas obrigado pelo conselho.

Cumprimentos, David Carvalho

"Porque ele faz, ..."

O Choupal não é apenas um local para ir, sobre o qual apenas as pessoas que lá vão devam ter opinião. É um dos poucos espaços verdes dignos desse nome que a nossa cidade tem e que, funciona como "regenerador" do ar que TODOS respiramos. É um local de passeio, é um local de convívio, é um local para a prática de deporto e, não deixa de ser um "monumento arquitectónico natural" da nossa cidade. Pelas características que tem, não é um espaço de horários obrigatórios mas sim de uso livre.

Não me considero um "utente" assíduo do Choupal neste momento. Não tenho dia nem hora certa para lá ir dar um corrida, andar de bicicleta ou jogar à bola com o meu filho mas, acho curioso que seja qual for o dia, de semana ou de fim de semana, seja qual for a hora, encontro sempre bastante gente no Choupal! E, mais curioso ainda, isso não acontece apenas desde que esta "obra" começou a ser contestada!!!

Não creio que o facto de haver situações que descaradamente "ofendem" o bom senso, deva ser justificação para proceder da mesma forma: "Porque ele faz, então eu, mesmo sabendo que não está correcto, faço também".

Luis

Eu vou la estar. Obrigado por divulgarem. CONTRA AS LATAS. A FAVOR DA NATUREZA !!!